Déjà vu

Deja vu

Escrito por: Lua Morgana

Baseado em uma história real, nomes e locais não revelados para preservar a vítima.

*

Desde muito nova sempre fui sedenta por liberdade… terminei meus estudos e antes dos 20 já estava morando só. Era bem perto dos meus pais, por me sentir segura, mas era longe o bastante para me fazer sentir livre. Não tinha ido para a faculdade ainda, porém era um sonho não muito distante. Arrumei um emprego que me sustentava e ainda sobrava para me dar uns luxos, tipo um carro que consegui comprar. Era antigo, mas dava pro gasto.

Aos poucos consegui mobiliar minha casa, com a ajuda de meus pais, que não posso deixar de mencioná-los e minha tão amada irmã mais velha, Rachel. Estava vivendo um sonho de liberdade até que um dia me senti tão presa, tão imóvel e insegura dentro da minha própria pele, o dia em que vi ele pela primeira vez.

Continuar lendo “Déjà vu”

The Bite – O que se Esconde por trás das Àrvores

Por: Natasha Morgan

Alguma coisa a mordeu na floresta.

Ela não o viu.

Lembrava-se de estar bebendo com Karen, sua melhor amiga. Saíram do trabalho tarde da noite, passaram numa lojinha 24 horas e comparam uma garrafa de rum. Ideia de Karen ,é claro.

A amiga de longa data se tornara bem diferente depois de se relacionar com aquele motoqueiro estranho do Kansas. Vestia-se de forma mais ousada, estava mais bonita, falava de forma provocante e adotara uma ideias estranhas.

Como estacionar o carro na beira da estrada e sair correndo pela floresta com uma garrafa de rum e uma canção estranha nos lábios rosados.

Lorah sabia que não era uma ideia das mais comuns, mas se deixou levar, seguindo a amiga pelo meio das árvores, dividindo o rum e cantarolando aquela estranha canção. Continuar lendo “The Bite – O que se Esconde por trás das Àrvores”

In The Depths of her Soul (Pt. 7) – Minguante [+16]

Por: Natasha Morgan

1.jpg

 

Hugh morava num apartamento no centro, a duas quadras do bar de Erin, e foi lá que eles acabaram depois do expediente.

O edifício era um tanto desleixado, a faixada precisava urgentemente de uma pintura e as paredes que davam acesso às escadas estavam pixadas. O elevador não funcionava então o único acesso era o lance de escadas largas e manchadas. Era o tipo de prédio que jovens solteiros escolhiam para viver, como uma república de faculdade.

Continuar lendo “In The Depths of her Soul (Pt. 7) – Minguante [+16]”

Coven das Rosas (Pt. 1) – Recomeço

 

coven das rosas - recomeço

Coven das Rosas

Recomeço (Pt. 1)

Escrito por: Lua Morgana

sem-titulo-2

Haviam se passado anos que eu não voltava aquele lugar. Estava praticamente igual, não fosse a sujeira e móveis tumultuados com panos em cima. Não podia deixar aquilo morrer, era um projeto bom, um ótimo lar para meninas desesperadas sem saber o que fazer com seus poderes. Depois de toda aquela caça que tivemos, fomos obrigadas a nos separar e viver uma distante das outras por causa dos caçadores, eles não poderiam saber que ainda restavam 13 de nós.

Continuar lendo “Coven das Rosas (Pt. 1) – Recomeço”

Férias Macabras (Pt. 1) [+18]

Por Mille Meiffield e Lillithy Orleander

 

macabras.jpg

 

DAIANA

Sei que estava de férias, mas o hábito de levantar as cinco da manhã às vezes me perseguia, hoje era um desses dias. Levantei faltando cinco minutos para as cinco. Mille também acordava cedo, mas acho que resolveu dormir um pouco mais hoje.

Liguei a cafeteira, lembrei que Luca é do tipo que não vive sem café e sem ele, ele fica de péssimo humor. Preparei um chocolate quente com canela, peguei uma xícara e fui ler na varanda dos fundos. Estava frio, mas como estava envolta em um edredom e com o chocolate  quente nas mãos, me mantive aquecida. O dia começava a clarear, o céu carregado de nuvens. Acordei assustada com o barulho da porta batendo. Cochilei enquanto lia. AJ e Clay saíram da casa e vieram sentar ao meu lado.

Continuar lendo “Férias Macabras (Pt. 1) [+18]”