O Casarão Assombrado do Votorantim

*Inspirado nas lendas da cidade de Mairiporã

Por: Natasha Morgan

Quando o som estridente do telefone na cabine ecoou pelo salão de jantar, ele soube que os oficiais estavam chegando. Em toda aquela aldeia pitoresca ele era o único que possuía aquela regalia moderna, um presente de um amigo muito influente na política. E naquele momento se amaldiçoou por ser tão privilegiado.

Seus olhos sombrios se voltaram para o fone marrom escuro e ele o apanhou, retorcendo os lábios finos a cada palavra que ouvia da outra linha.

– Senhor, aconselho-o a se apressar. A estrada velha está abarrotada de oficiais. Meia hora até chegarem à fazenda.

Continuar lendo “O Casarão Assombrado do Votorantim”