O Erro

ZUZY.png

Por Zuleika Juliene

 

Éridh

 

De repente o trânsito parou.

Éridh tinha uma beleza fora do comum, por onde ela passava homens, mulheres e crianças paravam para olhar; sua estatura, seu porte físico, seu cabelo, o corpo, tudo parecia ter sido desenhado pelo mais competente artista.

Ela chegou a passos firmes no farol, ele estava fechado para pedestres, mas ela com os olhos fixos em um objetivo, atravessou, voando, liberta de um mundo pesado demais para que se pudesse suportar.

Continuar lendo “O Erro”