Regras do Diabo

regras-do-diabo

Por Alex Brehan

Uma brisa balançou as folhas das palmeiras-reais da Praça da Sé. Era uma madrugada fria e empalidecida pelo luar quase sem nuvens. A enorme Catedral da Sé dominava a serenidade do ambiente com seu aspecto neogótico. Logo à frente, havia o monumento Marco Zero, que se tratava de um prisma hexagonal de mármore, com um mapa em uma placa de bronze no topo.   Continuar lendo “Regras do Diabo”

Lista Amassada

lista-amassada

Por Alex Brehan

Quando checou o relógio, viu que era meia-noite. Lana inspirou profundamente enquanto batucava o lápis em uma folha de papel com algo escrito. Deitada na cama de um hospital, com um monitor cardíaco bipando, ela ponderava sobre quantos dias ainda veria acabar. Seu corpo estava esquelético, uma mancha escura se estendia por toda a região da boca e o cabelo preto tinha um corte ajustado para esconder a constante queda de fios abaixo da nuca. Tudo contribuindo para um semblante cansado e aparentemente mais velho do que seus 37 anos. 

Continuar lendo “Lista Amassada”