Prólogo — Caso 1495 — O Astrólogo

O Astrologo
Muitos acreditam que um assassino mata por prazer, outros acreditam que é por satisfação, eu acredito que seja por puro e mero capricho,  ou melhor, acreditava. Meu pensamento mudou quando comecei a trabalhar neste caso, apelidado de ” O Astrólogo”.
Inicialmente o caso era apenas mais um caso de assassinato, inicialmente. Porque todo assassino em série, começa apenas com “mais um assassinato”.

Continuar lendo “Prólogo — Caso 1495 — O Astrólogo”