A Herança de Rowena [Capítulo 1]: Turbulento Paraíso

4e4164179d4e44b622f6e3da7b9acacd

Edwiges era uma das noviças que viviam no mosteiro desde seu nascimento. Ela tinha 17 anos e gostava de passear descalça sobre grama do pomar pela manhã e observar a floresta. Os animais pareciam senti-la e sempre permitiam a aproximação. Ela sorria suavemente, ouvindo o canto dos pássaros e sentindo o vento roçar-lhe a face.

A Irmã Leonor sempre ralhava ao vê-la descalça, em algum dia mais frio poderia sim contrair uma tosse e adoecer seriamente. Não que Edwiges não se importasse, era em toda uma boa noviça. Dedicava-se bastante aos estudos, mas ao contrário das qualidades devocionais comuns nas outras irmãs, não aplicava-se tão bem às leituras litúrgicas ou à caridade; Isso não podia forçar-se. Preferia cantar ao sol ou à lua, ouvir ao vento ou responder aos animais, e principalmente tocar a natureza, e senti-la dentro de si. Isso sim, lhe era tão natural quanto falar ou andar. Continuar lendo “A Herança de Rowena [Capítulo 1]: Turbulento Paraíso”

A Herança de Rowena – Magia e Redenção [Prólogo]

fca81888516fbda6806506af2107c9ab

A Herança de Rowena – Magia e Redenção (Livro 1)

Escrito por Gabi Waleska

Prólogo

Em meados do Século X, as antigas religiões já haviam diminuído consideravelmente na Europa e o Cristianismo já imperava. Mosteiros, conventos e grandes abadias situavam-se em cada vilarejo e cidadelas. A Abadia de Santa Brígida era um conjunto de construções de pedra, há muito destruído em meio às guerras, composta por uma capela, casa das madres, casa das noviças, um amplo jardim pela frente e os fundos davam para o pomar e logo atrás, a floresta. O mosteiro dos padres ficava do outro lado do rio, à frente da Abadia, compondo um terreno vasto de 3000 acres. Localizava-se no sudoeste da Grã Bretanha, próxima ao País de Gales e abrigava freiras e noviças que exerciam a devoção à Igreja Católica em meio à vida simples, porém confortável. Continuar lendo “A Herança de Rowena – Magia e Redenção [Prólogo]”