A Última Canção Do Bardo

Dragon-Age-Inquisition-1024x576

 

Agora vocês todos conhecerão a última canção na floresta encantada de um coração
O bardo e suas canções por aqui chegam ao fim, mas ainda tem mais por vim.
Quando as horas se passarem e meu desejo de voltar chegar, a floresta encantada há de dançar
Eu fecharei meus olhos por um tempo, mais minha alma estará sempre em respeito
Em um mundo muito distante minhas canções levaram alegria, mas agora é o fim de uma poesia Continuar lendo “A Última Canção Do Bardo”

Virtutis Arcane: O poder arcano parte 1

Sem Título-1

Eu peço seu perdão, pois há muito o que falar sobre a vida de um arcanista, e eu sou o único que pode contar toda a sua história. Este é meu fardo, bem como o que me aguarda depois. O final não é um grande mistério. Está escrito nas pedras estilhaçadas e paredes esfaceladas ao nosso redor e é sussurrado nos boatos que saem de todas as bocas.

Mas, quando o assunto é sobre seres de magia arcana, nada é tão simples, e esteja certo de que o que você viu e ouviu não é o fim. Continuar lendo “Virtutis Arcane: O poder arcano parte 1”

Anjo de Rubi

demon-angel-love

*Para a minha anja, que sempre está ao meu lado* – Lady Ilane

Debaixo da árvore onde a grama não cresce, vejo o seu olhar na brisa do luar.
Fizemos uma promessa de nunca esquecemos quem realmente merecemos.
Você é a minha chance e tudo que há em mim
E eu fiz uma promessa que irei cumprir, e você irá sorrir

Em você vejo a minha sorte, o meu destino e meu descanso.

Na cidade inteira, eu procuro encontrar o seu nome, para todos ouvirem a voz do meu anjo.
Quando você apareceu, nada mais importava, pois só o seu sorriso me alegrava
E estava em pedaços, mas o seu calor me fez mais novo que o vermelho dourado.
Me recolha e me recomponha, nos teus braços quero encontrar o meu espaço.
Continuar lendo “Anjo de Rubi”

A alvorada do dragão

Orgulhoso e tão glorioso, suas escamas pulsam com o vento

Perante nós, sua garra perfura até o final

Nossas espadas irão brilhar e suas asas cantão sobre o céu

Quando chegamos unidos nem o trovão é esquecido

Para o novo mundo, aonde os deuses ainda sussuram o seu sagrado nome
Com o coração de dragão nós cavalgamos sobre o sol

Estamos voando nas asas do inverno, passamos pelo inferno

Com fogo queimando o interior, o seu mundo parece profundo

Somos guerreiros da luz, lutamos pela paz… Continuar lendo “A alvorada do dragão”