Contos de Elderland – Xandriah

Escrito por: A.J. Perez

xandriah.jpg

 

Elderland 1002 da 6ª era – Extremo Oriente do Arguematal,

em algum lugar para além do mar de fogo.

Eu me recordo de Xandriah.

Ainda posso ver seus palácios abobadados, cintilando sob a luz das estrelas. Consigo escutar o som da chuva tamborilando nas vielas e telhados de barro vermelho. Me lembro como se fosse ontem. As vezes a revisito em meus sonhos. Poderia visitá-la agora, apenas fechando meus olhos.

Continuar lendo “Contos de Elderland – Xandriah”

Ratoeira, pt 1 – Mythos +18

Um Conto de Horror Cósmico, por A.J. Perez

marcus-cramer-426515-unsplash.png
*ATENÇÃO; esse conto contem trechos de VIOLÊNCIA EXTREMA, se você for uma pessoa sensível ou facilmente impressionável não recomendamos que leia o texto a seguir. Lembramos que o Blog assim como o autor desse texto NÃO compactuam com qualquer tipo de violência ou abuso. Essa é uma obra de ficção, qualquer semelhança com situações reais ou pessoas vivas ou mortas é uma infortuna coincidência.

Continuar lendo “Ratoeira, pt 1 – Mythos +18”

Fragmentos dos Aspectos – A Maldição

Uma Historia de A.J. Perez

tree2.jpg

Ano de nosso Senhor, 1415

Nuvens cinzentas cobriam a extensão dos grandes vales logo após as colinas, onde o farfalhar da grama alta ressoava como uma música antiga, embalada pelo som da chuva que dançava esparsamente pelo ar naquela tarde fria. Uma melodia rítmica repleta de emoção, para aqueles que eram sensíveis o suficiente para captar cada nota musical reverberando de modo sutil no ar, sendo levadas pelo vento para além de onde olhos mortais poderiam enxergar.

Continuar lendo “Fragmentos dos Aspectos – A Maldição”

Contos de Elderland – Traição & Morte

Escrito por: A.J. Perez 

snow2-2.jpg

“Contos de Elderland – Traição & Morte”

Elderland 1788 da 5ª Era, Fronte de Batalha Sudeste – Divisa com o Reino de Sherydan, Território das alianças Bárbaras.

A neve do inverno cobria a solo no sudeste. A região montanhosa das Tribos Bárbaras era selvagem e em muitos pontos inexplorada.

Um corcel negro avançava pela floresta impetuosamente. O mensageiro se movia como o vento por entre as árvores. Na bolsa ao lado de seu animal pendia o símbolo do império. O garoto no cavalo não podia imaginar, mas ele era um arauto dos ventos da mudança, um agouro de que tudo mudaria. No seu alforje jazia uma mensagem para um homem que se encontrava alguns quilômetros à frente. Seu nome era Leor.

Continuar lendo “Contos de Elderland – Traição & Morte”