Desalento…

d61
Por. L. Orleander
“If I could find assurance
To leave you behind
I know my better would fade
I’ll follow you down…”¹

As semelhanças eram assombrosas.
Davam nó na garganta.
Tanto pra raiva, quanto pra nojo.
Acabara aquele restinho de fé…
Fé na certeza de dar certo.
Fé na verdade que a boca dizia.
Fé na melodia que ao vento rugia.
Nada no peito se abalou,
apenas virou-se de costas e aceitou doentio fardo.
Era a carência ou a discussão que os unia.
Era o medo de estar só e a vontade de preencher o vazio cotidiano.
Contou os passos e tracejou uma nova reta.
Abandonou as pequenas e íngremes curvas.
Queria porto, lar e acalento.
Sem precisar ver a alma em pedaços.
Ou dar o seio por garantia.
Dizia pouco do que sabia.
apenas o suficiente para não ferir, eu diria.
Se perguntou quantas vezes e quantas mais ainda teria?
Queria chorar o pranto amargo,
e soluçar na despedida.
Mas era tudo e tanta mentira que nem mesmo lágrimas caiam.
O pulso latejava como o pêndulo de um relógio.
Marcando uma despedida em tons de arrogância.
Ela pensaria…

– Disso eu tinha certeza.
Deitaria em seu leito de rosas e por uma noite mais se calaria.
Cantava alto o rouxinol,
E nada, e nem ninguém mais ouvia.
Ela se tornará aquilo que mais odiava

Enquanto agora, chuva fria caia…

¹ Letra da música I’ll Follow You – Shinedown

Gostou? Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s