A alvorada do dragão

Orgulhoso e tão glorioso, suas escamas pulsam com o vento

Perante nós, sua garra perfura até o final

Nossas espadas irão brilhar e suas asas cantão sobre o céu

Quando chegamos unidos nem o trovão é esquecido

Para o novo mundo, aonde os deuses ainda sussuram o seu sagrado nome
Com o coração de dragão nós cavalgamos sobre o sol

Estamos voando nas asas do inverno, passamos pelo inferno

Com fogo queimando o interior, o seu mundo parece profundo

Somos guerreiros da luz, lutamos pela paz…

Nas asas de fogo um ancião chegou

Nós vimos os poderes se unirem e reinos colidirem

Os deuses irão nos mandar um sinal de batalha, essa é a nossa chegada

Através do vale nós voaremos e venceremos

Cheios de glória, nós lutaremos e do rugido sagrado venceremos

Onde as lutas reinarão agora, já que a lança se encontra apenas em nossa memória

Orgulhoso e tão glorioso, suas escamas pulsam sobre o vento

Quando chegamos unidos, o trovão ecoa diante do sol

E dividimos a queda deles,  espada e rugido aniquilam os meus medos

Esta noite você testemunhará tudo, o início de uma nova era…

O rugido dos céus irá cantar e a lâmina do fogo irá nos guiar

Orgulhoso e tão glorioso, suas escamas pulsam com o vento

Perante nós, sua garra perfura até o final

Nossas espadas irão brilhar e suas asas nos guiará sobre o céu vermelho

Quando chegamos unidos nem o trovão é esquecido

Para o novo mundo, aonde os deuses ainda sussuram

Com o coração de dragão nós cavalgamos sobre o sol

Numa terra desconhecida nós chegamos, e a conquistamos

Cavalgamos a estrela da noite até o nascer do sol

Quando as cores desaparecerem, apenas o vermelho irá dançar

Seus olhos tornarão a visão, e sua alma nos guia diante da situação

Com a coragem de um Titan e a força do dragão eu proclamo em seu nome

Você se vira para o outro lado e o céu está vermelho e dourado

Você pode correr, mas não pode se esconder, esse é apenas o destino do querer

Os mortos podem andar, mas não podem lutar contra o rugido do dragão

Perante nós, o laço de amizade se constrói

Nossas espadas irão brilhar no céu e guiará os pobres infiéis

Orgulhoso e tão glorioso, numa terra desconhecida nós chegamos

Perante nós a origem de um novo mundo nasceu

Nossas espadas irão brilhar no céu, e a noite não ficará mais escura

Quando chegamos unidos e unidos cairemos

Para a terra do sol, aonde o coração do dragão luta por glória.

Com o alvorecer dos dragões, suas asas se  abrem para o novo mundo

E nos primeiros raios da ardente e manante luz da manhã, o rugido sagrado desperta a batalha

Voando sobre oceanos de radiantes marés azuis gloriosos

Sobre as velhas montanhas majestosas, o vento das asas encantam até os leigos

Passam por céus, com a serenidade  do trovão e da tempestade

Através dos horizontes vermelhos, a glória do crepúsculo está surgindo

Para onde orgulhosas espadas são erguidas no céu…

Agora deixe a saga eterna ser descoberta, e seus segredos revelados…

 

Gostou? Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s