Dia 3… – Dúvidas

mariwatt31

Por Lillithy Orleander

Eu guardei as fotos…

Queimei todas que ainda existiam nos meus portas – retratos, mas guardei todas em”nuvem” que estavam no computador, no celular…

Vez ou outra ainda passo por lá e fico olhando você, arrasto as fotos pra lixeira e tenho o mesmo trabalho ao trazê – lás de volta.

Não te disse por que comecei a escrever esse diário. Comecei a ir ao terapeuta, Dr. Monteiro, ele me disse que fazer isso me ajudaria a preencher o tempo e expulsar  da minha mente o que aconteceu, não achei que isso ia me agradar em momento algum, não dava simplesmente pra você, me abandonar de uma vez por todas?

É sério, tem dias que pareço louca dentro desse quarto, falando sozinha como se você fosse responder a qualquer momento. Aí me lembro, e me dói por que no fundo eu queria que você pudesse me ouvir.

Lembra o livro que eu disse que iria lhe dar? Pois é decidi lê – lo outra vez, ele é lindo sabe.

Anjos das Sombras…

Abri o embrulho e li minha dedicatória, em uma letra de mão corrida:

” Um pedaço meu pra você. Aquele que faz parte dos que mais amo…

Mari, 2015. “

Fico me perguntando agora por que relutei tanto em lhe entregar, depois daquele dia, o encontrei jogado no guarda – roupa, na parte de cima, escondido junto as caixas de sapato, esperando a data certa para ser entregue. No fim ela nunca chegou…

Ironia do destino, que você não acreditava, você nunca o notou ali, embora sempre abrisse metodicamente o guarda – roupa e o olhasse de cima á baixo para ver se estava tudo no lugar certo.

Eu gostava de parar na porta de braços cruzados e ficar te olhando ali, sentado na cama, enrolado na toalha pensativo, olhando ali pra dentro.

Aquela era minha idolatria dedicada á você  e agora acho que essa imagem está sumindo aos poucos, eu quase não te vejo mais ali.

Ficou somente a sombra perdida no escuro, sem movimento, respiração ou som.

Chorei angustiada ao lado da porta, não estou perdendo seus costumes, nem seus traços, não…

Eles agora parecem ter vida própria e fazem questão de se manter ali pra me deixar triste. Ou será que é pra me fazer sentir – se culpada?

Outro dia, sua orquídea deu o ar da graça. Um mês depois…

Ela nunca floresceu sob meus cuidados, me passou um sorriso triste pelos lábios e me lembrei de quando você disse que ela não gostava de mim.

Me chateei aquele dia, mas optei por me calar. Dormi sem seu “boa noite”, acordei sem seu “bom dia”, estávamos agindo como estranhos de novo, era o turno “dele” se aproximando, e honestamente eu nunca soube o que servia de estopim pra esse seu comportamento.

Éramos livres, pra fazer o que quiséssemos, mas eu era a eterna romântica, e em mim ainda ardia aquela pontinha de esperança de um dia você fosse só meu, afinal, não custava sonhar.

Até sua lembrança mais triste me fazia sorrir…

É parece que depois de tudo e da maldita serenidade que me assolava, sua memória resolveu cair em minha cabeça como um terremoto, derrubando montanhas e me impossibilitando de fugir, dia após dia…

O som alto no fim da tarde, meus CD’s e os seus. Você odiava Scalene e eles me lembravam você com uma nitidez fantástica.

Seu sorriso… Sua voz… Cada palavra…

Na verdade esse diário não está tendo o efeito esperado. Eu estou escrevendo pra você, e essa é a terapia mais furada do mundo.

O terapeuta disse que ia ajudar, só estou vendo as coisas piorarem…

Tenho uma novidade: Decidi cortar o cabelo e pintar de outra cor.

Mesmo sabendo que você amava ele cumprido e ruivo, as pessoas dizem pra eu parar de me importar com isso.

Não sei, fico indecisa, cada decisão que tenho que tomar, sinto algo em mim perguntar se você aceitaria ou gostaria.

Droga! São 0:00hs e quantas vezes essa foi nossa hora?

Hora das banalidades, da troca de músicas e conhecimentos, café e maços de cigarro.

Ainda me lembro como se fosse ontem, uma xícara de chá de morango, adoçado com mel…

 

“Run fast as I can
Even this long road never end*”

CONTINUA…

*I will carry on – Oliver Hartmann

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Gostou? Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s