Valete

Seja o meu Valete, parta o meu coração em mil pedaços

Dê a sua inocência para o mais brilhante dos nossos sonhos

Esta é a época da colheita sagrada, provar o doce vinho vermelho-sangue

Desta arte dourada, que é derramada a partir do meu próprio coração em guerra

É tão difícil ver a minha alma, nessa terra de catástrofe

Na desgraça fria do espelho eu vejo minha morte lenta em receio

Eu quero saber o que é isso que me tornei, o monstro que virei

Um desejo infantil criado, com apenas um beijo entre os selados

Tão fácil para seduzir, que parecia ser apenas, mais de mim

Parece que é apenas um passo para cair, esse é o destino dos vanjin

Seja o Valete do meu coração, parta e o meu mundo

Dê a sua inocência para o mais brilhante dos desejos

Mal posso escrever estas linhas, sem o grande desejo

Porque eu já assinei a minha sentença, agora sigo apenas a valsa santa

Meu nome está através da parede de orações antigas, que nem mesmo os fiéis acreditam

Agora, eu ouvi meu nome em uma cinza

Soando como uma culpa de uma doce menina

Eu fecho meus olhos e começo a escrever essa maldição

Seja o Valete do meu mundo, e cante essa canção

Dê a sua inocência para o mais cruel dos bretões

Esta é a época da colheita, prove o doce vermelho-sangue

Desta arte dourada e quente, que é derramada do meu coração

Se eu estou olhando para trás, não se assuste é apenas um capataz

Esquecendo-me do tempo, o nosso destino vai através do leito

Há algo que está queimando sem parar, minha alma não brilha mais

Oh, oh, oh lâmia testamentum est in sanguine meo

Amen!

Eu vivo em memórias, lançado em melodias as coisas horrorosas

Eles morrem em harmonia com a ganância e traição, eu sorrio com a sua falta de imaginação

Como eu posso fugir dessa dor sem fim

Não feche seus olhos para mim, veja o novo mundo para ti

Eu quero te fazer ver, o novo começo para você

O nosso destino, como deve ser quando você parar e crer

Deixe a escuridão desaparecer, e a sua hora vai crescer

Encontre conforto em minha sombra, pois ela é a sua guia-mãe

Porque você não está sozinho, você não está sozinho nunca esteve só

Nós podemos ver, nós podemos sentir quando estamos vivendo após a morte?

Você sabe? Como eu sei que devo acreditar em você?

Porque eu acredito

Podemos esperar? Podemos amar? Pode ser esse o nosso destino?

Porque eu estou ouvindo

Eu estou ouvindo

Você é o meu Valete, a lança do meu prazer em sorte e na peste.

Um comentário em “Valete

Gostou? Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s