Os Quatro Dragões – O Branco no Negro

sortiara-whiteblackdragonApós o aprisionamento do demônio, as quatro famílias o prenderam num conjunto de cavernas que formavam um labirinto no subsolo da mansão da casa principal dos WhiteDragons.

As outras três famílias colocaram desde armadilhas até bestas incontroláveis para dificultar a entrada ou a saída do que fosse tentar se aventurar por aquele maldito lugar.

Ainda existe uma porta com quatro chaves, nas quais cada chave é o símbolo de cada uma das famílias, criando uma fechadura impossível de se abrir sem que os quatro líderes estejam presentes. Nisto uma sociedade secreta foi formada, apenas os líderes saberiam sobre o demônio e os segredos, devidamente separadas para cada uma das famílias, assim evitando que apenas uma só possuísse o conhecimento para adentrar o labirinto e chegar na câmara onde se encontrava o artefato-prisão do demônio.
Muitas eras se passaram, o tratado de paz forçada entre os Quatro Dragões, agora é mais que apenas uma aliança, atualmente os líderes além de compartilhar conhecimentos e recursos, também compartilham seus soldados e cavaleiros, criando uma grande sociedade conhecida realmente como o nome do antigo tratado, a Sociedade dos Quatro Dragões.
Em um dia onde os líderes, Marco WhiteDragon e Artur BlackDragon, dialogavam sobre o futuro de seus clãs.

Em um jardim próximo, duas jovens crianças brincavam como irmãs, uma, a filha de Marco, a outra a neta de Artur. Apesar de velho, Artur não tinha escolha de se manter na liderança do clã, pois seu único e muito amado filho foi morto, e nunca encontraram o culpado. Neste dia, um dia muito especial, pois era o aniversario de dez anos da jovem WhiteDragon.

A família BlackDragon, como presente, decidiu fazer uma grande apresentação com seus guerreiros-feiticeiros, este feito, não era apenas por ações politicas, mas também por amizade e admiração, além de líderes, os dois são grandes amigos, e este presente é mais como forma de amizade que qualquer outra coisa.
Durante a apresentação, Sortiara se encanta com os cavaleiros-feiticeiros, e pede ao pai para se tornar uma, isso deixa o próprio Artur muito feliz, e Marco um pouco relutante, mas para agradar a filha ele consente.

Artur, no mesmo dia manda um de seus melhores homens para ser mestre.
Seis anos depois, uma grande reunião foi feita entre os líderes, onde cada um iria receber o novo, ou melhor, nova líder, da BlackDragon, a Gamora BlackDragon, neta de Artur, Sortiara fez questão de ir a esta reunião, pois sua melhor amiga, quase uma irmã, seria a primeira mulher na liderança direta de um dos Quatro Dragões. Foi então que ocorreu a traição.
Seu tio conseguiu armar uma emboscada, e por pura sorte, Artur BlackDragon e Gamora, com sua guarda pessoal, conseguiram chegar a tempo de salvar Sortiara. Meses depois do ocorrido, a WhiteDragon ficou em posse do tio de Sortiara, que quebrou todos os votos do tratado dos Quatro Dragões, unindo-se com clãs e guildas de origens duvidosas e mudando aos poucos a boa fama que a WhiteDragon possuía.
Após um ano, Sortiara agora uma BlackDragon para os outros olhos da nobreza, mas uma WhiteDragon de coração, tenta lentamente entender o porque o tio fez e faz o que esta fazendo. Meses depois de Gamora pegar a liderança do Clã BlackDragon, Artur faleceu, deixando Gamora com a responsabilidade de contar o que os espiões da BlackDragon descobriram.
Com um ano após a morte de Artur, Gamora finalmente junta coragem e confiança de uma líder, e chama sua “irmã” para revelar os segredos que Artur, descobrirá, além dos que ela mesma acabou por descobrir.
O tio de Sortiara, estava mantendo o pai de Sortiara preso, tentando descobrir como chegar ao artefato profano, que Sortiara, pouco sabia, mas seu pai tinha um grande interesse em coloca-la como líder dos WhiteDragon no futuro.

E para piorar, o tio dela sabia que Sortiara estava viva, mas graças as especialidades dos BlackDragons, com a ajuda de alguns feiticeiros da BlueDragon, Sortiara, não se parecia fisicamente com a antiga ela, antes da traição de seu tio.
Gamora, explicou tudo isso a ela, mas a impediu de tentar qualquer ato de vingança, dizendo que poderá ajuda-la no futuro, mas por ora, onde apenas alguns dos outros nomes de influencia do clã BlackDragon pouco a apóia, seria loucura.

E assim, Sortiara, decide ajudar sua irmã, pois assim, e somente assim poderá salvar seu pai e evitar que o demônio Magnnus retorne a espalhar destruição no mundo novamente…

Um comentário em “Os Quatro Dragões – O Branco no Negro

Gostou? Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s