Os Quatro Dragões

 

 

silan2.png

 

Intrigas por terras existem a séculos, mas esta em especial teve uma importância relativa, para uma terra e quatro famílias.
Quando o reino ainda estava dando os primeiros passos, quatro famílias digladiavam – se pelos domínios das terras.
A poderosa família WhiteDragon, possuía uma excelente força tática, graças o famoso treinamento rigoroso e extremo para formar os melhores.

A, tão poderosa quanto, Familía BlackDragon, conhecida pelos seus Cavaleiros-Feiticeiros e assassinos, e claro, sua grande capacidade de espionagem.

GoldDragon, quase formada totalmente de guerrerios-sagrados, ou melhor, Clerígos e Paladinos extremamente devotos, e por consequência possuía uma grande força.

E por fim, mas não menos poderosa, a BlueDragon, versados em magia e feitiçaria, desta família vinham grandes feiticeiros, bruxos e magos, podiam não ter um exercito de soldados fortes, mas sabiam como conjurar um.
Mesmo tendo baixas graves para todas, as quatro família não perceberam que estavam sendo manipuladas, para insistirem na guerra, por um maldito chamado Magnnus.

Magnnus fez com que as quatro grande famílias conflitassem para, finalmente, coletar almas o suficiente para invocar uma poderosa criatura e absorve-la, para assim se tornar o ser mais poderoso em terra.

Após coletar o suficiente, ele a invocou, e tentou absorve-la. Porem o que Magnnus não previu, foi que ele seria consumido pela criatura, dando á ela apenas um corpo e mais poder.

Antes um Grandioso Feiticeiro, agora um Demônio Vil e sedento por sangue.
Por culpa da batalha, que já levava dias, as quatro famílias, haviam perdido muitos de suas pequenas porem poderosas legiões, então atraida pelo cheiro de sangue e morte, o demônio Magnnus surge, e com ele mais destruição e morte. Sem muita escolha as quatro famílias recuam.

Com o avanço rápido do demnio, as famílias apenas esperam o fim.

Auros, o líder da família WhiteDragon não aceita que tudo acabe assim. Então decide fazer algo que, talvez desse alguma chance de vitória a eles.

Chama os outros líderes das outras famílias, Magsar BlueDragon, Talior BlackDragon e Azazel Golddragon. Mesmo em uma possível destruição, os quatro não se mostraram confortáveis em estarem tão próximos.
Auros então explica  porque os chamou. Ele por não aceitar o fim desta forma, proprõe um tratado de paz entre os quatro, dividindo a terra igualmente para cada um, mas apenas se saírem vivos, e o plano que ele teve foi a seguinte, juntar a Black e White para atacar a criatura enquanto a Gold e Blue formulavam uma maneira de prende-la ou mata-la. Apesar de ser um plano, julgado como, idiota, os três lideres acabaram por concordar, não tinham muita escolha, ou lutavam para viver ou morreriam escondidos.
O plano no fim acabou por se mostrar funcional, graças a união e especialidade de cada uma das famílias conseguiram aprisionar o Demônio Magnnus, o artefato foi entregue para Auros, mas o local onde tal profano objeto esta, e selado por chaves-símbolos de cada família, de mesma forma que o local, só é falado para o novo líder de cada família e desta forma o tratado de paz entre as quatro grandes famílias nobres que se mostra firme até os dias de hoje.

FIM?

Gostou? Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s