O Tarot (Pt.4)

Escrito por: Zuleika Juliene

O Tarot 1

No dia seguinte logo pela manhã Raul chegou ao campinho, sabia que ar puro e um pouco exercícios o fariam descarregar toda aquela energia que estava concentrada dentro de seu ser e ele tinha razão, pois mal colocou os pés no campo todos os pensamentos que insistiam em fazer morada em sua cabeça sumiram no momento em que ele olhou para Sâmela.

  Estava um dia ensolarado e bem quente, certamente esta foi a motivação que Sâmela teve para se produzir com um shortinho curto e uma regatinha. Não estava vulgar e nem mesmo indecente, mas foi o suficiente para provocar o olhar dos outros rapazes e fazer com que Raul se contorcesse de ciúmes.

  Acenou com a cabeça para ela em sinal de cumprimento, ele estava quase sem cor e visivelmente desconcertado, porém Sâmela interpretou como sendo efeito das preocupações do amigo.

  O jogo começou de forma amistosa e tudo estava indo bem até pouco antes do intervalo do jogo quando Raul percebeu que Guilherme um dos amigos de Saulo, irmão de Sâmela, estava conversando muito intimamente com ela, este pequeno detalhe fez com que Raul tomasse uma trombada e perdesse a bola terminado o primeiro tempo do jogo com placar desfavorável para seu time.

  Raul aproximou-se dos dois e disse:

  – Sâmela, você poderia me fazer um favor?

  – Claro!

  – Na hora que eu trombei com o Lucas o joelho dele bateu no meu, será que você não poderia dar um pulinho lá em casa e pegar minha proteção de joelho, eu estou com um pouco de dor. Vou pedir para o Saulo colocar o Gui pra jogar o segundo tempo, ah e pede para a minha avó a pomada para eu passar na contusão.

  – Okay, estou indo! Você não acha melhor ir para casa?

  – Não, quero jogar.

  Guilherme olhou para Raul como quem pergunta “será que você não percebeu nada cara?’, mas Raul sentia-se radiante, principalmente por saber que não tinha proteção de joelho, então certamente Sâmela não voltaria para o campinho.

  Raul chegou em casa suado e ansioso por um banho, porém quando entrou em seu quarto a primeira coisa que viu foi uma sacolinha da farmácia contendo um protetor de joelho, uma pomada para contusão e ainda um bilhetinho escrito:

             “Você não tinha proteção de joelho, não é?!”

  Sentiu-se mal, não tinha certeza se por sua atitude ou pelo fato de ter sido descoberto, mas sabia que a mancada havia sido grande, então foi logo tomar banho e ver o que poderia fazer para se redimir.

Chegou à casa de Sâmela sem saber o que falar, sem coragem e morrendo de vergonha, mas ela valia, valia tudo para ele.

  – Oi.

  – Oi.

  Após o um minuto mais longo que ele já tinha visto na vida decidiu falar:

  – Quero agradecer pelas coisas que comprou…

  – Por quê?

  – Porque você foi gentil em…

  – Por que armou aquilo?

  Raul sentiu seu rosto corar, na verdade pegar fogo e sua mente esvaziar como aqueles brancos que ocorrem com você em dias de prova.

  Sâmela olhou para o lado balançando a cabeça como que a procurar paciência e compreensão, mas principalmente a primeira, pois há muito trabalhava a paciência, sempre esperando um sinal de que Raul compartilhava dos mesmos sentimentos que os seus, porém este dia nunca chegava e quando ela pensou que ele havia agido por ciúmes… ele demonstrou ter agido como os moleques agem, imaturamente.

  – Tá, deixa pra lá! Foi bom eu ter vindo para casa, pois fiz algumas pesquisas. Sabe as idéias que eu comentei que tive, pois é… o vô é funcionário público desde antes de se mudar para cá, quando decidiu mudar de cidade pediu transferência, mas suas informações e registros continuam no banco de dados do órgão ao qual ele é servidor então… Descobri a sua cidade de origem.

  Raul sentiu uma mistura de excitação, medo e paralisia.

  – Onde?

  – São Paulo.

Continua

2 comentários em “O Tarot (Pt.4)

Gostou? Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s