Chamada Perdida

Chamada Perdida

Escrito por Saul Guterres

10728824_678657515563559_710063461_n

Ykaro saiu da loja de celulares muito feliz, fazia tempo que ele queria comprar seu iphone 5 e queria muito poder usar as novas tecnologias daquele aparelho, e aposentar de vez o seu velho celular, que a única coisa que tinha de legal era uma lanterna.

Ao chegar em casa ele logo pegou seu antigo celular e começou a ver os números de sua agenda telefônica. Foi lendo um por um e apagando aqueles que ele não lembrava e que de alguma forma ou outra estavam inativos. E foi assim que ele se deparou com o nome “Pedro o pirado” e um mau estar repentino veio em seu corpo. Ykaro sentou-se e começou a lembrar do ocorrido com Pedro naquela noite:

Todos estavam na rua bebendo e jogando conversa fora, quando avistaram Pedro saindo de sua casa que era logo abaixo e começaram a debochar do rapaz.

– Onde vai aberração? Já vai flertar com os fantasmas da rua?

Disse um dos garotos mais velhos que estava junto. E Pedro  apenas olhou para Ykaro, esperando que seu amigo o defendesse, mas como Pedro fez que nem sabia de nada, ele saiu sem dizer uma palavra.

– Você é um pirado mesmo, ninguém vai acreditar nessas suas bobagens de espíritos seu trouxa. Disse uma menina que também estava no grupo, e voltando a atenção as conversas esqueceram Pedro e voltaram a beber. Já era quase cinco da madrugada,  quando Ykaro resolveu ir para casa e se despediu de seus amigos e saiu. Ele estava quase em casa quando ouviu algumas conversas no parque perto de sua casa e avistou Pedro falando com alguém que ele não conseguia ver quem era. Aproximou-se e viu que
Pedro falava sozinho e disse:

– O que você faz aí Pedro? Sabe que essa hora é perigoso ficar aqui!

– Você sabe o que eu estou fazendo! Porque mente a todos que também não os enxerga?

– Porque eu não quero ser chamado de pirado como você! Pare com isso Pedro, eu parei de falar com eles e agora já não os vejo. Você também pode conseguir.

– Eu gosto de falar com eles Ykaro, os espíritos são mais meus amigos do que você, pelos menos eles não tem vergonha de mim, e jamais deixariam que me maltratassem igual a você deixou acontecer mais cedo hoje.

– Pare de falar besteira Pedro, eu já te disse que isso não existe, mas se você quiser continuar sendo chamado de pirado o problema é seu e não meu. E eu não quero mais falar contigo enquanto ficar nessas loucuras, entendeu?

E aquela noite foi a última vez que Ykaro viu seu amigo Pedro, pois no dia seguinte um grave incêndio atingiu a casa dele, deixando em cinzas tudo e todos que estavam na casa. Os bombeiros disseram que um curto circuito causou o incêndio, mas como as pessoas sabiam que Pedro falava com espíritos, começaram a falar que o tal incêndio era obra de algum.

Apenas Ykaro nunca acreditou naquelas bobagens, e agora ali sentado vendo o número de Pedro, não resistiu e discou por um impulso para ver o que aconteceria. Chamou por três vezes e para sua surpresa, uma voz atendeu:

– Alô? Ykaro? Que você quer? – Ykaro estava completamente em choque, pois a voz era mesma de seu antigo amigo falecido.

– Pedro? Como é possível?

– Como é possível o que Ykaro? Eu atender?

– Si-sim…

– Por que?

– Porque você morreu em um incêndio há um anos atrás…

Após isso, Ykaro apenas escutou um grito muito alto de desespero e terror que deixou seu corpo todo paralisado. Largou o celular no  chão, não acreditando que aquilo estivesse acontecendo. Passou a  mão pelos cabelos, como que tentando afastar aquele pensamento  e discou novamente o número. Porém para sua surpresa só se
ouviu a gravação:

“O número discado está incorreto ou não existe…..”

Mas e você? Seu celular já tocou hoje????????

Fim

Comente, diga o que achou! Seu comentário incentiva o autor e faz com que continue a escrever novas histórias!

6 comentários em “Chamada Perdida

  1. Saul, mano, explicações nisto daí, essa história do mal me deixou confuso! (Amei a pergunta final, o encerramento foi ótimo) mas não dá pra explicar não? Pedro decide morrer, por que se sente confortável com os espíritos? É isso? *-* *-* *-*

    Curtir

Gostou? Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s